Priscilla McInnes Queiroz Campos

Emirates reforça liderança mundial do transporte aéreo internacional de passageiros

A Emirates, que há cerca de um ano inaugurou a rota Lisboa-Dubai, reforçou em 2012 a liderança mundial das companhias aéreas que mais tráfego internacional transportam, com 180.880 milhões de RPK (passageiros x quilómetros, unidade mais utilizada na aviação), cerca de 28,5% acima da nova nº 2, a norte-americana United Airlines, que, com a fusão com a Continental, entrou para o Top10 elaborado pela IATA.


De acordo com os dados divulgados pela IATA baseados no seu mais recente “World Air Transport Statistics” (WATS), relativo a 2012, a Emirates foi a única companhia do Top10 mundial em transporte internacional a crescer a dois dígitos em 2012, em 18%, o que lhe valeu distanciar-se de toda a concorrência.
Depois da Emirates, a Singapore Airlines, nº 9 em 2012, foi a que mais cresceu, com um aumento dos RPKs em 7,6%, e seguidamente foram a British Airways, nº 6, com +6,2%, e a KLM, nº 10, com +5,2%.
A que menos cresceu foi a nº 5 Delta Airlines (+0,6%), o que aliás lhe valeu ser ultrapassada pela Air France, nº 4, cujo crescimento foi de 2,3%.
O novo ranking, de onde sai a American Airlines, que era nº 9 em 2011, tem, a seguir à Emirates e à United Airlines (140711 milhões de RPK), a Luftansa (136.886 milhões), a Air France (125.996 milhões), a Delta (125.141 milhões), a British Airways (121.272 milhões), a Ryanair (96.991 milhões), mas que em número de passageiros é a nº 1, a Cathay Pacific (93.842 milhões), a Singapore Airlines (92.994 milhões) e a KLM (86.281 milhões).
Considerando também o tráfego doméstico, cujo ranking é dominado por norte-americanas e chinesas (a excepção é a australiana Qantas, na 10ª posição), a United Airlines é a maior companhia aérea do mundo, com 288.282 milhões de RPK, seguida pelas também norte-americanas Delta Airlines (271.567 milhões) e American Airlines (203.336 milhões).
A seguir vêm a Emirates (180.880 milhões) e a Lufthansa (142.512 milhões), que é, portanto, a primeira companhia aérea europeia, à frente da Air France, 7º no ranking mundial (135.821 milhões de RPK), e da British Airways (124.318 milhões), que é 9ª.
Antes de Air France e British Airways está a norte-americana Southwest Airlines (137.708 milhões de RPK) e do Top10 fazem ainda parte a China Southern (135.021 milhões), na 8ª posição, e a Qantas Airways (108.051 milhões), que entrou em 2012 para o Top10 pela fusão da United, que era 3ª, com a Continental, que era 8ª.
Comparando os dados da edição deste ano do WATS, relativos a 2012, com os da edição anterior, apenas duas companhias do Top10 tiveram crescimentos a dois dígitos do tráfego total, a Emirates, em 18% e a China Southern, em 10,7%.
Seguidamente a que mais cresceu foi a British Airways, em 6,4%.
Os dados do WATS 2013 divulgados pela IATA mostram que o Top10 mundial realizou no ano passado 1.727.496 milhões de RPK, em alta de 10,3% relativamente ao Top10 da edição anterior, influenciada pela entrada da Qantas possibilitada pela fusão da United com a Continental. 


As informações são"Presstur ".Sempre é citado o link de referência.

Priscilla McInnes Queiroz Campos

About Priscilla McInnes Queiroz Campos -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :
© Copyright 2017 12Aérea News. Designed by HTML5 | Distributed By . G12horas.Aerea.